sábado, 10 de junho de 2017

Ele podia ser

Ele podia ser quem dizia que era, podia ser uma pessoa normal, um pouco estranha, mas ele realmente podia ser quem dizia que era.
Não acreditei, eu não acreditei nas coincidências, eu tive medo que pudesse ser mais um tipo de armação pra me enganar e simplesmente saí fora.
Eu espero que esse tipo de coisa não se repita por muito mais vezes, porque só de pensar que vai acontecer tudo de novo, eu entro em pânico.
Por favor, vá embora.
Eu não gosto de sentir medo, não gosto de desconfiar das pessoas, por favor, vá embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário