domingo, 23 de abril de 2017

2010

Quando as pessoas me perguntam e eu digo que voltei a escrever, penso no Sávio, no Demetrius e nas horas que dediquei escrevendo centenas de páginas dando voltas, mil voltas, para mostrar o que eu entendia por amor.
Ah, meninos, meus meninos queridos, que saudade que tenho de vocês. Vejo próximo o dia do nosso reencontro. Minha escrita mudou, vocês podem perceber, está mais curta, objetiva. Não digo mais dramática, porque isso não é algo que muda por gradação, mas, bem, nada como aquele efeito "soco no estômago" de fim de linha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário