terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Quem precisa de um título?

Não importa se a minha amiga vem me ver e assiste a programas de menininha na TV comigo só pra me fazer companhia, ou se ela passa horas falando da reforma da casa pra me animar. Não importa se eu vejo Ross e Rachel se separando, se entendendo e se amando em segredo porque você não sabe nada de Friends mesmo. E não importa se eu vou querer desesperadamente que dormir ao meu lado signifique pra você mais que um estorvo que se mexe demais a noite.
As músicas românticas sempre vão tocar e eu vou me lembrar da música lenta que não dancei com você, da roupa que eu não vesti pra você elogiar ou sei lá, tirar. Nada mais importa, porque não são os textos nem a cor do cabelo, não foi nada disso, nada disso. Foram três dias em que o tempo parou pra que eu percebesse que nada disso importa, mas foi suficiente pra tudo ficar confuso, estranho e eu sentir vontade de não escrever por medo, vergonha ou lucidez demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário