quinta-feira, 21 de julho de 2016

Protectina

Quando você estiver ficando desesperado (a) e começar a andar para os lados, sentir o coração palpitar e o rosto corar, pare. Quando a respiração ficar irregular e os olhos não distinguirem meio metro a sua frente, pare. E ainda quando seu corpo explodir em lágrimas e suor, pare.
Pare o coração, a respiração, os olhos e as lágrimas.
O medo nos deixa cegos.
E o medo não está preocupado com o seu problema, não está preocupado com a solução do que te causou o desespero. Por isso, pare. Eu precisei parar para descobrir que me desesperar não vai resolver o meu problema. Eu preciso levantar, fazer meus trabalhos, minhas matérias, ir nos meus médicos e me desligar de problemas pequenos,
Tudo está parecendo um livro de auto-ajuda. Que se foda. Tudo é muito complicado, o que parece ou deixa de parecer não deve ser assim tão importante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário