segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Chegou dezembro

Nesse dia eu fecho os olhos para ficar em silêncio e tentar imaginar um filme do ano que passou. Deus, como pode ser? Dezembro já chegou de novo... Preciso me apresentar de novo.
O mês sempre pareceu tão igual, tão trivial. Sempre o mesmo chester, a mesma árvore, a mesma sensação estranha de que o ano está acabando e eu não fiz nada com meu tempo.
Mas acontece que
Ah.
Já chega né, dezembro?
Chega de reflexões. Desculpe, é o hábito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário