sábado, 31 de outubro de 2015

Onde está minha abóbora?

A história da Cinderela todos já conhecem. A trabalhava, não tinha reconhecimento e ainda vivia num mundo no qual, nem se ela quisesse, poderia conquistar sua liberdade.
Fico imaginando o quão forte ela era por dentro. Não há partes da história em que ela apareça triste, depressiva ou reclamando da vida que tinha. Muito pelo contrário... Ela estava sozinha, cantando, cumprindo suas tarefas a espera de um dia melhor.
Cinderela foi paciente. Dividiu suas tarefas, teve tempo para sua leitura e ousou, quando viu que um sonho batia a sua porta. A escolha de aproveitar o baile, enquanto ele durou, e não se preocupar com nada enquanto dançava com o príncipe fez com que sua companhia fosse ainda mais agradável. Ela não tentou impressionar alguém, ser notada... Nada que não fosse viver aquele momento.
Ela foi forte, paciente e soube ouvir seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário