quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Não tenha medo

Confie.
O papel sempre foi seu amigo. Sempre. Você sempre pôde confiar nele, sempre pôde contar tudo para ele, da maneira que seu coração acha melhor.
Esqueça a faculdade, as críticas, olhos que virão para o papel depois que você terminar de escrever. É uma relação sua com o papel. E os outros já estão com muitas armas apontadas. Por que pendurar a corda?
Ninguém precisa gostar. Ninguém precisa aprovar.
Vá, minha filha, escreva suas histórias.
Só não deixe o papel em branco por mais tanto tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário