domingo, 18 de outubro de 2015

Diga parte II

Tira essas cinzas dos meus olhos para eu possa ver com mais clareza a face do destino. Não assopre a ferida com sua educação polida. Pare com esse falso moralismo de uma vez e me permita ser um pouco feliz sem a sua presença indesejada na minha vida.
Só saia... Só vá embora, agora.
Como seria possível partir de mim mesma?

Nenhum comentário:

Postar um comentário